Última hora

Última hora

Exército dos Camarões liberta refém alemão raptado na Nigéria pelo Boko Haram

O exército camaronês libertou o refém alemão raptado, na Nigéria, em julho último, pelo grupo islamita Boko Haram. A operação militar foi levada a

Em leitura:

Exército dos Camarões liberta refém alemão raptado na Nigéria pelo Boko Haram

Tamanho do texto Aa Aa

O exército camaronês libertou o refém alemão raptado, na Nigéria, em julho último, pelo grupo islamita Boko Haram.

A operação militar foi levada a cabo conjuntamente com “países amigos”, fez saber o governo dos Camarões, sem mais pormenores.

À chegada ao aeroporto de Yaoundé, capital dos Camarões, Eberhard Robert Nitsch falou dos meses de cativeiro: “Sinceramente, pensei que acabariam por matar-me. Passavam o tempo a dar-me ordens tipo: senta-te, senta-te ali. Senta-te. E de cada vez que me sentava, era a escuridão absoluta, a escuridão absoluta. E não sabemos o que nos vai acontecer. Senta-te, fica aqui, vai ali. Sinceramente, foi algo muito traumatizante.”

Eberhard Robert Nitsch tem 69 anos e era professor, em Gombi, uma cidade do Estado de Adamawa, no norte da Nigéria, quando foi raptado.