Última hora

Última hora

Gergely Bogányi passou anos a fazer pesquisa para melhorar som do piano

Em leitura:

Gergely Bogányi passou anos a fazer pesquisa para melhorar som do piano

Tamanho do texto Aa Aa

A investigação deu origem à construção de um novo instrumento. O conceito foi recentemente apresentado em Budapeste. O novo piano é feito em fibra de

A investigação deu origem à construção de um novo instrumento. O conceito foi recentemente apresentado em Budapeste. O novo piano é feito em fibra de carbono. Quase todas as dezoito mil peças do piano foram repensadas.

“O som do piano que sai para baixo cria uma ressonância que segue em várias direções. Neste caso, o som é dirigido. A base do piano funciona com um defletor. Reforça o som e dirige o som para o público”, explicou o pianista.

O pianista de jazz norte-americano Gerald Clayton ficou impressionado com a clareza do som.

“É quase chocante sentir a clareza do som. Às vezes., quando tocamos sentimos que o som escapa e temos que o agarrar. Neste caso, o som fica connosco o que é uma sensação nova”, explicou Gerald Clayton.

A fibra de carbono torna o instrumento menos sensível às variações da temperatura e ao nível de humidade. A investigação foi financiada pelo governo húngaro. Para adquirir o piano será preciso desembolsar duzentos mil euros.