Última hora

Última hora

Pontapé de Cantona faz vinte anos

Em leitura:

Pontapé de Cantona faz vinte anos

Tamanho do texto Aa Aa

Foi ao minuto 48 de um Crystal Palace-Manchester United que Eric Cantona deu o golpe. Duas vezes. Primeiro, tentou pontapear Richard Shaw, o homem encarregado de marcar o jogador francês e partiu para a bancada onde plicou um golpe de «kung fu» a Matthew Simmons, um adepto da equipa local que o terá provocado.

A lenda de Cantona também se construiu com o seu temperamento, por vezes de cólera. A 25 de janeiro, cumprem-se 20 anos desde o polémico pontapé que deu a um adepto, durante um jogo contra o Crystal Palace. Gostava de saber se sente hoje algum remorso?

“O que é que quer que lhe diga? É a minha vida. A vida é feita de coisas boas e de coisas más. Mas, o que é o “bem”? O que é o “mal”? É como é. Depois, basta assumir, basta seguir em frente. Mas a vida é assim. Onde me encontro hoje é o resultado do caminho que segui. Se não tivesse vivido tudo o que vivi, não estaria onde estou hoje. E, hoje, estou muito contente por estar aqui consigo.”


CANTONA ON HIS KARATE KICK, 20 YEARS ON


WATCH: CANTONA’S KICKS OUT AT SUPPORTER


EURONEWSTAKE ON CANTONA’S ANNIVERSARY

Credit: elbartho