Última hora

Última hora

UE aprova novo empréstimo à Ucrânia

Os ministros das Finanças da União Europeia aprovaram, esta terça-feira, em Bruxelas, um novo empréstimo de 1,8 mil milhões de euros à Ucrânia.

Em leitura:

UE aprova novo empréstimo à Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Os custos da guerra contra os separatistas pró-russos estão a deixar a Ucrânia à beira da bancarrota, pelo que a União Europeia (UE) resolveu aumentar a ajuda financeira ao país.

Point of view

A assistência macrofinanceira está condicionada a reformas estruturais na Ucrânia

Os ministros das Finanças europeus aprovaram, esta terça-feira, em Bruxelas, um novo empréstimo de 1,8 mil milhões de euros.

O vice-Presidente da Comissão Europeia para o Euro e o Diálogo Social, Valdis Dombrovskis, disse à euronews que “a assistência macrofinanceira está condicionada a reformas estruturais na Ucrânia, principalmente o fortalecimento da governação, o reforço das instituições do Estado e a luta contra a corrupção.”

A UE poderá vir a fazer novo aumento da ajuda, mas vai esperar pelo fim das negociações em curso entre o governo de Kiev e o Fundo Monetário Internacional.

Por seu lado, os chefes de Estado e de Governo europeus também se pronunciaram contra o ataque dos rebeldes a Mariupol, no passado sábado, alertando para um possível aumento das sanções contra a Rússia.