Última hora

Última hora

Neve fresca e barata

Em leitura:

Neve fresca e barata

Tamanho do texto Aa Aa

O recurso aos canhões de neve é uma prática comum nas estâncias de esqui quando a neve começa a faltar. Contudo, este é um recurso bastante caro

O recurso aos canhões de neve é uma prática comum nas estâncias de esqui quando a neve começa a faltar. Contudo, este é um recurso bastante caro porque consome muita energia. Além disso é difícil fabricar neve quando as temperaturas são positivas.

Dois engenheiros italianos, residentes nos Alpes, aperfeiçoaram uma fórmula para transformar água em flocos de neve em alguns segundos e sem recurso a aditivos químicos.

Francesco Besana, co-inventor do Neve XN:

“- A nossa máquina é diferente dos canhões de neve por duas razões. Primeiro, pode fazer neve com um décimo da energia que um canhão precisa para fabricar a mesma quantidade. Em segundo lugar, a nossa máquina pode produzir sempre a mesma quantidade, independentemente das condições meteorológicas.”

No interior da máquina, vapor de alta-pressão produz um vácuo que faz a água ganhar espessura. Os componentes eletrónicos monitorizam e regulam o processo. Quando a mistura derrama para o exterior o oxigénio transforma-a em flocos de neve, mesmo se a temperatura for superior a dez graus centígrados. Este protótipo pode fazer meio metro cúbico de neve em meia hora.”

Fabiano Maturi, co-inventor do Neve XN:

“- O objetivo é dar continuidade à época de esqui. Pensamos em colocar pequenas estações de produção espalhadas nas pistas para colmatar as partes onde a neve começa a escassear.”

Os dois engenheiros já estão a construir um protótipo maior, capaz de produzir cinco metros cúbicos de neve numa hora.