Última hora

Última hora

Ucrânia: Marcas da guerra na cidade de Popasna

Uma ofensiva separatista no leste ucraniano terá de facto enterrado os acordos de Minsk. Na região de Donetsk os rebeldes estarão a assediar a cidade

Em leitura:

Ucrânia: Marcas da guerra na cidade de Popasna

Tamanho do texto Aa Aa

Uma ofensiva separatista no leste ucraniano terá de facto enterrado os acordos de Minsk. Na região de Donetsk os rebeldes estarão a assediar a cidade de Debaltseve. Nos arredores, outras localidades também não escapam.

A euronews entrou na cidade de Popasna em Lugansk e escutou relatos sobre mortos e o êxodo de pessoas.

“Tínhamos 22 mil habitantes, agora apenas temos cerca de 4 a 5 mil pessoas a viver aqui”, explica o presidente da câmara, Yuri Onishenko.

Um autocarro com crianças deixa a cidade. Apesar de ser uma viatura civil, a segurança não está garantida. O mesmo sucede com as casas.

“Estamos cansados de abalos, não sabemos o que se está a passar. Ali o abalo foi tão forte que a minha casa estremeceu. Receio pelas crianças, as crianças já não vão às escolas”, diz uma mulher.

“Foi um projetil ‘grad’ e surgiu daquela direção. Não tenho ideia de quem foi que disparou. Já tinhamos retirado tudo, era apenas um labirinto com um edifício extra. Agora é isto que resta”, mostra uma senhora.