Última hora

Última hora

Produtor de Vanilla Ice e Dr. Dre preso sob suspeita de homicídio

Em leitura:

Produtor de Vanilla Ice e Dr. Dre preso sob suspeita de homicídio

Tamanho do texto Aa Aa

“Suge” Knight, um dos maiores produtores de hip hop do Mundo, foi preso na madrugada deste sábado, em Los Angeles, Estados Unidos, sob acusação de atropelamento de duas pessoas, matando uma delas: Terry Carter, de 55 anos, descrito como amigo do alegado homicida.

O cofundador da Death Row Records foi visto a discutir ao início da tarde com um homem – identificado como sendo o ator Cle “Bone” Sloan, de 51 anos – no exterior do estúdio da Universal Pictures onde estava a ser rodado um anúncio promocional para o filme “Straight Outta Compton”, cuja estreia mundial está prevista para agosto deste ano e que conta a história do polémico grupo de “rap”, Niggaz Wit Attitudes (N.W.A.) – ver o trailer mais abaixo.


A discussão terá sido retomada pouco depois no estacionamento de um restaurante não muito longe do estúdio, com “Suge” Knight dentro do veículo, uma “pick up” Ford F-150 Raptor de cor vermelha, no lugar do condutor. De acordo com as informações divulgadas pela polícia, os dois terão trocado neste momento palavras duras e alguns murros. O produtor pôs o carro em andamento, recuou e derrubou Sloan, depois avançou na direção do rival e de Terry Carter, que estaria próximo do ator, mas não envolvido na discussão, e atropelou ambos. Carter morreu no local. Cle Sloan, conhecido pelos pequenos papéis protagonizados em filmes de Antoine Fuqua e como ativista antigangues, sobreviveu com ferimentos.

“Suge” Knight abandonou o local no carro, acabando por se entregar mais tarde, acompanhado do advogado James E. Blatt, que descreveu Carter como um bom amigo do produtor, disse que ele estaria a tentar apaziguar a discussão e garantiu que o seu cliente terá ficado devastado quando soube da morte.

O advogado contrariou, entretanto, as informações da polícia, garantindo que Knight se deslocou ao restaurante onde se deu o atropelamento a convite de Terry Carter e que, ali, teria sido atacado por quatro homens, um deles Sloan. Temendo pela vida, acrescenta o advogado, citado pelo jornal Los Angeles Times, “Suge” Knight estaria a tentar fugir quando atropelou os dois homens.

O famoso produtor de hip hop, que também terá um pequeno papel no “bio-pic” sobre os N.W.A. como “Dr. Marcus Taylor”, entregou-se à polícia de West Hollywood pela uma hora da manhã deste sábado, foi interrogado e cerca de duas horas depois detido sob suspeita de homicídio, com o advogado a tentar garantir uma caução de dois milhões de dólares (1,8 milhões de euros), alegando que o cliente não se terá apercebido de ter atingido as duas vítimas.

Responsável por produzir mega sucessos como “Ice Ice Baby”, de Vanilla Ice, e por lançar artistas como Dr. Dre – com quem fundou a Death Row Records – e Snoop Dog, “Suge” Knight tem um longo historial de violência e crime, iniciado em meados dos anos 80. Em 1993, foi acusado de coagir com armas de fogo dois aspirantes “rappers”. É, inclusive, um dos suspeitos nos assassinatos, em meados da década de 90, dos “rappers” Tupak Shakur e Notorious BIG. Chegou a ser preso em 1996, por associação ao assassinato de Tupak e no ano seguinte foi condenado a nove anos de prisão por violar os termos de liberdade condicional que detinha.


A ligação de “Suge” Knight ao mundo do crime agravou-se desde então. Em agosto do ano passado, esteve envolvido no tiroteio numa discoteca onde decorria uma festa do músico Chris Brown, ficando ferido. Knight estaria, igualmente, inibido de conduzir depois de ter ficado sem carta e proibido de a renovar.


Um dos muitos rumores violentos que se contam inclui Vanilla Ice, que teria sido pendurado pelos tornozelos numa varanda de hotel pelo próprio “Suge” Knight ou por um dos capangas com que este se faria habitualmente acompanhar. O próprio “rapper” do mega sucesso “Ice Ice Baby” nega ter sido pendurado, mas confirma ter sido pressionado pelo produtor e que este lhe terá ficado com algum dinheiro.