Última hora

Última hora

Ucrânia: Intensificam-se os combates pelo controlo de Debaltseve

Na Ucrânia os combates intensificaram-se no domingo no leste do país para o controlo da estratégica cidade de Debaltseve, onde o exército ucraniano

Em leitura:

Ucrânia: Intensificam-se os combates pelo controlo de Debaltseve

Tamanho do texto Aa Aa

Na Ucrânia os combates intensificaram-se no domingo no leste do país para o controlo da estratégica cidade de Debaltseve, onde o exército ucraniano procura afastar os separatistas pró-russos.

Segundo números divulgados por Kiev e pelos separatistas, pelo menos 17 civis morreram nas últimas 24 horas. O exército ucraniano anunciou a morte de 13 soldados.

Em Debaltseve, os que não puderam partir refugiaram-se em caves que servem de abrigo aos bombardeamentos.

“Vivemos nos limites da cidade, na rua onde os militares estão agora. É assustador. Não queremos a guerra, queremos paz. Queremos que os nossos filhos brinquem nos pátios em vez de viverem nos abrigos”, disse a mãe de uma família refugiada numa cave.

Um dia após o fracasso de novas negociações em Minsk para uma trégua, o Presidente francês, François Hollande, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, apelaram domingo para um “cessar-fogo imediato” no leste da Ucrânia.

Longe de alcançar a desejada paz após nove meses de um conflito que já causou mais de 5.000 mortos, a reunião do grupo de contacto na capital da Bielorrússia terminou no sábado sem qualquer acordo.