Última hora

Última hora

Espanha registou mais 78 mil desempregados em janeiro com as mulheres em destaque

Em leitura:

Espanha registou mais 78 mil desempregados em janeiro com as mulheres em destaque

Tamanho do texto Aa Aa

O número de inscritos nos centros de emprego de Espanha agravou-se de dezembro para janeiro com mais 77.980 desempregados registados, dos quais 52.651 são mulheres. Foi uma subida geral de cerca de 1,75 por cento face ao último mês de 2014 e que eleva o número de espanhóis sem trabalho registados nos centros de emprego aos 4.525.691, que correspondem a cerca de 23,7 por cento da população.

O número de inscritos na segurança social, por outro lado, baixou em 199.902 pessoas, cifrando-se agora nos 16.575.312 registados no sistema de apoio social espanhol.

Os números foram fornecidos pelo Ministério do Emprego e Segurança Social de Espanha e registam, ainda assim, o menor crescimento de desemprego no mês de janeiro desde 2007.

Esta subida progressiva de desempregados espanhóis nos dois últimos meses contrasta, no entanto, com a redução homóloga registada. Face a janeiro do ano passado, há menos 288.744 desempregados registados nos centros de emprego em Espanha.

Numa análise por setor, o desemprego espanhol aumentou nos serviços com mais 76.744 pessoas, na agricultura com mais 15.858, na construção com mais 7857 e na indústria com mais 753.

Entre os homens, o desemprego aumentou 25.329 e, nas mulheres, há mais 52.651 sem trabalho, mais do dobro. No que toca aos estrangeiros em Espanha, há mais 12.208 sem trabalho do que havia em dezembro passado.