Última hora

Última hora

Militares e separatistas reforçam fileiras no leste da Ucrânia

O som da guerra aumenta e o desespero dos civis intensifica-se. Pelo menos 16 pessoas morreram vítimas de combates no leste da Ucrânia nas últimas 24

Em leitura:

Militares e separatistas reforçam fileiras no leste da Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O som da guerra aumenta e o desespero dos civis intensifica-se.

Pelo menos 16 pessoas morreram vítimas de combates no leste da Ucrânia nas últimas 24 horas.

Os separatistas da autodenominada Republica Popular de Donesk anunciaram a mobilização de até 100 mil homens para fazer face ao exército ucraniano.

De acordo com jornais de Kiev , as forças leais ao governo já estão a ser engrossadas.

Depois do fracasso da última ronda de negociações em Minsk, os combates subiram de intensidade nas províncias de Donetsk e Lugansk.

A cidade de Debaltseve entre as duas províncias é palco de umas das principais batalhas.

Desde o início da ofensiva rebelde, na segunda semana de janeiro, as forças pró-russas tomaram controlo de cerca de 500 quilómetros quadrados.

A crise humanitária poderá agravar-se nos próximos dias se não existir um travão nos combates.