Última hora

Última hora

Acordo de livre comércio UE/EUA criticado por ativistas em Bruxelas

Organizações não governamentais ligadas ao ambiente e à justiça social protestaram, esta quarta-feira, em Bruxelas, contras o acordo de livre comércio que está a ser negociado entre a União Europeia (

Em leitura:

Acordo de livre comércio UE/EUA criticado por ativistas em Bruxelas

Tamanho do texto Aa Aa

Organizações não governamentais ligadas ao ambiente e à justiça social protestaram, esta quarta-feira, em Bruxelas, contra o acordo de livre comércio que está a ser negociado entre a União Europeia (UE) e os Estados Unidos da América (EUA).

Point of view

As negociações comerciais são feitas principalmente no interesse de grandes empresas multinacionais e não no dos cidadãos europeus

Bruxelas e Washington dizem que o acordo – conhecido pela sigla em Inglês TTIP – vai combater a estagnação económica.

Mas uma das organizadoras, Lora Verheeke, disse à euronews que “estamos contra a ideologia por trás do acordo comercial, afirmando que o livre comércio nos vai ajudar a ter mais empregos e mais crescimento”.

“Não é isso que vai acontecer. O que vamos ver nos próximos anos, ou mesmo décadas, é os padrões de segurança e de qualidade serem harmonizados entre EUA e a UE ao nível mais baixo possível”, acrescentou a membro do Observatório Corporativo Europeu.

Outro organizador, Paul de Clerck, membro da Amigos da Terra- Europa, afirmou que “as negociações comerciais são feitas principalmente no interesse de grandes empresas multinacionais e não no dos cidadãos europeus, do meio ambiente, dos trabalhadores e dos consumidores “.

Entre os temas mais controversos estão mudanças nas regras de segurança alimentar, tema da oitava ronda negocial que decorre, esta semana, em Bruxelas.

O acordo deverá ser fechado no final deste ano.