Última hora

Última hora

Estados Unidos: Robustez do mercado do trabalho não impede subida da taxa de desemprego

Em leitura:

Estados Unidos: Robustez do mercado do trabalho não impede subida da taxa de desemprego

Tamanho do texto Aa Aa

O mercado laboral nos Estados Unidos mantém-se robusto e volta a alimentar as especulações sobre a subida das taxas de juro por parte da Reserva Federal.

O número de empregos criados em janeiro superou as expectativas, mas isso não impediu uma subida da taxa de desemprego. Esta progrediu uma décima e está agora nos 5,7%.

Em janeiro foram criados 257 mil novos empregos. Os dados de novembro e dezembro foram revistos em alta, num total de 147 mil empregos.

Em novembro, criaram-se 423 mil empregos e, em dezembro, 329 mil.

Em janeiro, o setor das vendas a retalho foi o mais dinâmico. Seguiu-se a construção civil e a indústria. Os dados do setor público e dos transportes mostram um recuo.

Há 11 meses que a economia norte-americana está a criar mais de duzentos mil empregos por mês, o que não acontecia há duas décadas.

Ao mesmo tempo, os salários aumentaram mais de 2%, em termos anuais. Um sinal tido em conta pela Reserva Federal e que, aliado à queda dos preços do petróleo, poderá aumentar o consumo e impulsionar a economia. Esta desacelerou para 2,6%, em termos homólogos, no final de 2014.