Última hora

Última hora

Confrontos com a polícia na Tunísia fazem um morto

Aumenta a tensão no sul da Tunísia, depois dos confrontos entre manifestantes e forças da ordem em Dehiba, junto à fronteira Líbia, que fizeram um

Em leitura:

Confrontos com a polícia na Tunísia fazem um morto

Tamanho do texto Aa Aa

Aumenta a tensão no sul da Tunísia, depois dos confrontos entre manifestantes e forças da ordem em Dehiba, junto à fronteira Líbia, que fizeram um morto e dois feridos.

Os sindicatos anunciaram para esta terça-feira uma greve geral.

Os habitantes desta zona fronteiriça reivindicam a anulação da taxa aduaneira imposta aos tunisianos e aos líbios.

As autoridades reconhecem que o contrabando de combustível proveniente da Líbia é a principal fonte de rendimento para a população pobre do sul da Tunísia.

“Estas regiões foram marginalizadas durante muito tempo. Sabemos que os cidadãos de Dehiba vivem essencialmente do comércio com a Líbia. A taxa aduaneira surpreendeu igualmente os vizinhos líbios, pois é imposta também aos não-residentes”., disse o governador de Tataouine.

O novo governo tunisiano do primeiro-ministro Habib Essid, tomou posse recentemente, no meio de críticas cerradas do partido islamista Ennahda, que possui o segundo maior número de assentos no parlamento e acusa o governo de não representar todas as classes políticas.