Última hora

Última hora

Malásia: Pena de prisão para líder da oposição por sodomia

Cinco anos de prisão para o líder da oposição Malaia. Anwar Ibrahim foi considerado culpado de sodomizar um assistente político. A queixa tinha sido

Em leitura:

Malásia: Pena de prisão para líder da oposição por sodomia

Tamanho do texto Aa Aa

Cinco anos de prisão para o líder da oposição Malaia. Anwar Ibrahim foi considerado culpado de sodomizar um assistente político. A queixa tinha sido apresentada em 2008.

A decisão do Tribunal Federal confirmou a sentença do Tribunal da relação que o tinha condenado a um quarto da pena máxima de vinte anos, prevista na lei malaia para o crime de sodomia.

Anwar Ibrahim considera estar a ser alvo de um processo político. A condenação inviabiliza os seus planos para concorrer às eleições de 2017.

O julgamento foi acompanhado por centenas de apoiantes.

A decisão tem potencial para desencadear protestos, já que a oposição mostrou força nas eleições de 2013.

Antigo vice-primeiro-ministro, titular da pasta das finanças nos anos 90, Anwar Ibrahim, já tinha sido condenado pelo mesmo crime e abuso de poder em 1998, altura em que foi destituído das suas funções e sentenciado a 6 de prisão.