Última hora

Última hora

Portugal quer antecipar reembolso ao FMI

O governo português avançou com o pedido para o reembolso antecipado de 14 mil milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional

Em leitura:

Portugal quer antecipar reembolso ao FMI

Tamanho do texto Aa Aa

O governo português avançou com o pedido para o reembolso antecipado de 14 mil milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional.

O plano de reembolso “está já a ser avaliado pelas instituições europeias, merecendo à partida o aval da Comissão Europeia”, segundo a agência Lusa, que cita uma porta-voz do executivo comunitário.

O pedido terá de ser avaliado pelos Estados-membros, pois estes terão que aceitar renunciar à cláusula que fixa que os reembolsos antecipados tenham que ser proporcionais entre todos os credores. Lisboa tensiona apenas antecipar o pagamento ao FMI.

Segundo a agência LUSA, o assunto está agendado para a reunião ordinária do Eurogrupo, de 16 de fevereiro, em Bruxelas.