Última hora

Última hora

Tragédia em Taiwan: novas imagens mostram avião a evitar edifícios antes de cair no rio

Piloto perdeu os dois motores do avião ATR 72-600, mas conseguiu evitar cair em zona residencial e ainda salvou 15 pessoas a bordo

Em leitura:

Tragédia em Taiwan: novas imagens mostram avião a evitar edifícios antes de cair no rio

Tamanho do texto Aa Aa

Novas imagens da queda do voo GE-235, da TransAsia, ocorrida há quase uma semana em Taiwan mostram a forma impressionante como o piloto conseguiu evitar os edifícios antes de se despenhar no rio Keelung, em Taipé.

Antes do embate na água, o avião ainda tocou com a asa num táxi, que seguia no viaduto, entre a zona residencial e o rio.

O aparelho, um bimotor ATR 72-600, tinha acabado de levantar voo do aeroporto de Songshan, em Taipé, e tinha como destino a ilha de Kinmen, junto à China. Levava 58 pessoas a bordo: 53 passageiros, incluindo 31 turistas chineses, e cinco tripulantes.

Pelo menos, 40 pessoas morreram, incluindo o piloto. Três estão ainda desaparecidas: Dois chineses e um taiwanês. As causas desta tragédia estarão relacionadas com o incêndio num dos motores e a falha do outro, escassos momentos após descolagem.

O piloto terá tentado reiniciar o segundo motor, sem sucesso, manejando o aparelho rumo ao rio e salvando a vida a pelo menos 15 pessoas no interior do avião. A tragédia poderia, contudo, ser bem pior se o avião tivesse caído na zona residencial.

As equipas de busca concentram agora a atenção no leito do rio, em busca dos três desaparecidos. Os socorristas recorrem a varas para tentar perceber se os eventuais cadáveres estarão enterrados na lama sob a água.

As cerimónias fúnebres, entretanto, sucedem-se em homenagem aos 40 mortos confirmados neste acidente. Ao mesmo tempo que as bandeiras nos edifícios públicos e escolas de Taiwan são colocadas esta terça-feira a meia haste, é também realizada uma missa de sétimo dia.