Última hora

Última hora

Ucrânia: separatistas cercam Debaltseve na véspera de discussões em Minsk

As forças pró-russas apertam o cerco à cidade de Debaltseve, no leste da Ucrânia, na véspera da nova ronda de negociações em Minsk, na quarta-feira

Em leitura:

Ucrânia: separatistas cercam Debaltseve na véspera de discussões em Minsk

Tamanho do texto Aa Aa

As forças pró-russas apertam o cerco à cidade de Debaltseve, no leste da Ucrânia, na véspera da nova ronda de negociações em Minsk, na quarta-feira.

Os líderes separatistas afirmam ter conseguido isolar a cidade estratégica, entre Donetsk e Lugansk, controlada por cerca de seis mil soldados ucranianos.

Os combates entre os dois campos prosseguiam, na madrugada de terça-feira, depois de terem provocado a morte de nove soldados ucranianos nas últimas horas. O exército afirma ter morto 200 militantes e destruído mais de 15 peças de artilharia nas últimas horas.

As forças pró-russas tinham lançado, na semana passada, um apelo à criação de uma frente separatista comum formada por cerca de 100 mil homens.

Kiev anunciou, na segunda-feira, que cerca de 1500 soldados russos teriam cruzado a fronteira no fim de semana, acompanhados por mais de 300 peças de artilharia.

As duas semanas de combates em Debaltseve provocaram uma vaga de milhares de refugiados.

A Rússia teria proposto ontem aos observadores da OSCE, a criação de uma zona desmilitarizada no leste da Ucrânia, falta agora saber se a medida seria implementada antes ou depois da eventual queda de Debaltseve.