Última hora

Última hora

Ucrânia: Otimismo em torno da cimeira de Minsk

Há otimismo sobre a cimeira do tudo ou nada em Minsk sobre um acordo de paz no leste ucraniano. A poucas horas da cimeira na capital da Bielorrússia

Em leitura:

Ucrânia: Otimismo em torno da cimeira de Minsk

Tamanho do texto Aa Aa

Há otimismo sobre a cimeira do tudo ou nada em Minsk sobre um acordo de paz no leste ucraniano.

A poucas horas da cimeira na capital da Bielorrússia, o ministro russo dos Negócios Estrangeiro Sergei Lavrov declarou que existiram “progressos notáveis” na preparação das discussões.

Mas no terreno a situação é difícil e os norte-americanos acusam explicitamente os russos de estarem envolvidos em combates diretos no leste da Ucrânia.

“É óbvio que a partir da quantidade de munições, o tipo de equipamento, constata-se uma intervenção militar russa direta nos arredores de Debaltseve. (…) Vamos ter um batalhão de soldados e vão treinar três batalhões ucranianos do ministério do Interior”, declarou o general norte-americano Ben Hodges.

O treino dos norte-americanos começa em março. Suspenso está o fornecimento de armamento letal a Kiev. A diplomacia tem, por enquanto, prioridade.