Última hora

Última hora

Grupo de Minsk arranca plano de paz cuja aplicação é uma esperança

Em Minsk, uma ténue luz ao fundo do túnel para o leste da Ucrânia mas de intensidade duvidosa. A chanceler alemã, Angela Merkel garante que Vladimir

Em leitura:

Grupo de Minsk arranca plano de paz cuja aplicação é uma esperança

Tamanho do texto Aa Aa

Em Minsk, uma ténue luz ao fundo do túnel para o leste da Ucrânia mas de intensidade duvidosa.

A chanceler alemã, Angela Merkel garante que Vladimir Putin prometeu pressionar os grupos separatistas pró-Moscovo para que apliquem um cessar-fogo já a partir de domingo.

“Há um vislumbre de esperança aqui, temos um plano de implementação em profundidade a partir do Acordo de Minsk, mas as medidas concretas têm agora de ser tomadas, e ainda existem grandes obstáculos. No entanto, de modo geral posso afirmar o que alcançamos dá-nos mais esperança do que se não tivéssemos conseguido nada “.

“Foi alcançado um acordo, já não estamos em desacordo sobre a questão. Mas o acordo não garante um sucesso durável nos próximos dias. Isso implica que tenhamos de permanecer vigilantes e manter o movimento que foi desencadeado graças aos esforços que foram realizados com a iniciativa que a chanceler e eu começamos.”

Os líderes da Rússia, Ucrânia, França e Alemanha encerraram nesta quinta-feira uma maratona de 16 horas de negociações enqunto que no terreno continuava o derramamento de sangue.

O presidente Petro Poroshenko, negou que tenha havido qualquer acordo sobre uma autonomia para as zonas rebeldes onde o onflito já matou 5.300 pessoas.