Última hora

Última hora

A chinesa Xiaomi parte à conquista da América

Em leitura:

A chinesa Xiaomi parte à conquista da América

A chinesa Xiaomi parte à conquista da América
Tamanho do texto Aa Aa

Xiaomi, o maior fabricante chinês de smartphones, parte à conquista do continente americano.

A loja “online” nos Estados Unidos será lançada nos próximos meses. Vai vender auscultadores, pulseiras inteligentes e outros acessórios, mas não telemóveis. O objetivo é dar a conhecer-se diretamente aos consumidores no país do rival Apple.

Para já a Xiaomi tem os olhos postos na América Latina. Diz estar perto de um acordo com um parceiro para produzir no Brasil, o que lhe permitiria vender os seus smartphones baratos de sistema Android, evitando as elevadas taxas alfandegárias aos produtos eletrónicos importados.

Até agora, a produção da Xiaomi estava centrada na China.

A Xiaomi foi criada há cinco anos, na China, e já é um dos principais produtores mundiais. Os smartphones estão à venda na internet na Ásia. A Índia é o mercado mais recente.