Última hora

Última hora

Turquia contesta "islamização" do sistema educativo

Foi com canhões de água e gás lacrimogéneo que a polícia dispersou uma manifestação, em Izmir, na Turquia contra a “islamização” do sistema

Em leitura:

Turquia contesta "islamização" do sistema educativo

Tamanho do texto Aa Aa

Foi com canhões de água e gás lacrimogéneo que a polícia dispersou uma manifestação, em Izmir, na Turquia contra a “islamização” do sistema educativo.

Alunos, pais e professores acusam o governo de substituir o ensino secular pelo religioso.

A manifestação na terceira maior cidade do país reuniu cerca de 2 mil pessoas. Pelo menos duas dezenas foram interpeladas.

A iniciativa lançada pela minoria muçulmana liberal turca levou ao encerramento de escolas em todo o país.

Em Istambul, também, se registaram confrontos entre os manifestantes e a policia e 10 pessoas foram detidas

De acordo com o Economic Research Institute cerca de 1500 estabelecimentos de ensino foram convertidos em escolas religiosas na Turquia entre 2010 a 2013.