Última hora

Última hora

Vaticano: Papa Francisco investe 3 novos cardeais de língua portuguesa

O mundo lusófono ganhou mais três cardeais de língua portuguesa. Manuel Clemente, o patriarca de Lisboa, Arlindo Gomes Furtado, bispo de Santiago

Em leitura:

Vaticano: Papa Francisco investe 3 novos cardeais de língua portuguesa

Tamanho do texto Aa Aa

O mundo lusófono ganhou mais três cardeais de língua portuguesa. Manuel Clemente, o patriarca de Lisboa, Arlindo Gomes Furtado, bispo de Santiago, Cabo Verde, e Júlio Duarte Langa, bispo emérito de Xai-Xai, Moçambique.

Point of view

O cardinalato é, certamente, uma honra, mas não é honorífico, como tal, não é um tipo de acessório, uma condecoração, como um título honorário. Pelo contrário, é um pivô, um ponto de apoio e movimento essencial para a vida da comunidade.

O Papa Francisco investiu, este sábado (14 fevereiro), 20 novos cardeais da Igreja Católica, 15 eleitores e 5 não eleitores, por terem mais de 80 anos.

O Sumo Pontífice pediu aos novos cardeais para terem um forte sentido de justiça e para privilegiar a humildade. “O cardinalato é, certamente, uma honra, mas não é honorífico, como tal, não é um tipo de acessório, uma condecoração, como um título honorário. Pelo contrário, é um pivô, um ponto de apoio e movimento essencial para a vida da comunidade”, afirma.

O Papa Francisco ao investir novos “príncipes” extra Europa pretende mostrar que a Igreja Católica está mais global e plural.

O Papa emérito, Bento XVI, assistiu também à cerimónia. Esta é a quinta vez que aparece em público desde a resignação.