Última hora

Última hora

A coleção 'Cinquenta sombras de Grey' de Diane von Furstenberg

Em leitura:

A coleção 'Cinquenta sombras de Grey' de Diane von Furstenberg

Tamanho do texto Aa Aa

A sedução é a nota dominante da coleção apresentada por Diane von Furstenberg na semana da moda de Nova Iorque. A estilista norte-americana definiu

A sedução é a nota dominante da coleção apresentada por Diane von Furstenberg na semana da moda de Nova Iorque.

Point of view

A mulher é masculina e feminina, como um agente duplo. Aliás é esse o nome da mala dela. Ela é masculina no sentido em que durante o dia usa tecidos de lã e às riscas, embora estruturados, e, ao mesmo tempo, usa chiffon às riscas. Durante o dia, dirige as coisas e à noite inspira fantasias. É muito sedutor.

A estilista norte-americana definiu a sua visão da mulher e diz que qualquer semelhança com o filme “Cinquenta sombras de Grey’ é mera coincidência.

“A mulher é masculina e feminina, como um agente duplo, aliás é esse o nome da mala dela. Ela é masculina no sentido em que durante o dia usa tecidos de lã e às riscas, embora estruturados, e, ao mesmo tempo, usa chiffon às riscas. Durante o dia, dirige as coisas e à noite inspira fantasias. É muito sedutor. Não estava à espera que coincidisse com o filme ‘Cinquentas sombras de Grey”.

A coleção da Edun foi desenhada por Daniele Sherman.
A marca criada pelo músico irlandês Bono pretende promover o comércio em África.
A coleção outono-inverno inspira-se nas túnicas marroquinas e aposta na mistura de padrões e tecidos.