Última hora

Última hora

Dinamarca: 30 mil em vigília na capital

Cerca de 30 mil pessoas reuniram-se em Copenhaga para uma vigília em honra das vítimas dos ataques, ocorridos no fim de semana, contra um centro

Em leitura:

Dinamarca: 30 mil em vigília na capital

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 30 mil pessoas reuniram-se em Copenhaga para uma vigília em honra das vítimas dos ataques, ocorridos no fim de semana, contra um centro cultural e uma sinagoga.

Em frente do centro cultural de Krudttoenden foram depositadas flores e velas em homenagem ao realizador Finn Norgaard e ao segurança da sinagoga que pereceram durante o ataque perpetrado por Omar El-Hussein, um jovem dinamarquês de origem palestiniana, morto pela polícia.

Frederico, o príncipe herdeiro, e a primeira-ministra dinamarquesa estiveram presentes.

“Recebemos mensagens de pesar e de apoio de líderes e de povos de todo o mundo que aqueceram profundamente o meu coração e o de todos os dinamarqueses. Sentimos que não estamos sós”, disse Helle Thorning-Schmidt.

Ao mesmo tempo que duas pessoas foram detidas e colocadas em prisão preventiva por suspeita de estarem ligadas ao atacante, foram divulgadas imagens de Omar Abdel Hamid El-Hussein, durante um combate de “kickboxing” em fevereiro de 2013.

Omar veste calções pretos e acabou por perder o combate.