Última hora

Última hora

Não é fácil prever o vencedor do Óscar para melhor realizador

Em leitura:

Não é fácil prever o vencedor do Óscar para melhor realizador

Tamanho do texto Aa Aa

Não é fácil prever o vencedor do Óscar para melhor realizador. À partida não há grandes favoritos. Alejandro Gonzalez Inarritu é um dos nomeados

Não é fácil prever o vencedor do Óscar para melhor realizador. À partida não há grandes favoritos.

Alejandro Gonzalez Inarritu é um dos nomeados graças a “Bird ou a inesperada virtude da ignorância”. O realizador de “Amores perros” conta a história de uma antiga estrela de cinema que pretende recuperar a antiga glória. O filme concorre em várias categorias.

O último filme de Richard Linklater obteve seis nomeações. A longa-metragem “Boyhood. Momentos de uma vida” foi realizada ao longo de doze anos e retrata a vida de um rapaz, da infância até ao início da idade adulta. O protagonista é filho de pais divorciados. O filme analisa o seu relacionamento com a família à medida que cresce.

O realizador de “Foxcatcher” é outro dos candidatos ao Óscar de melhor realizador. O filme de Bennet Miller gira em torno de um campeão olímpico em luta livre que atravessa dificuldades ao nível econnómico e desportivo. Um dia é convidado por um milionário para treinar uma equipa mas a relação entre os dois protagonistas vai complicar-se.

Wes Anderson está nomeado para o mesmo prémio pelo filme “Grand Budapest Hotel”.
A comédia segue as peripécias de um responsável de hotel durante o período entre as duas guerras mundiais.

O norueguês Morten Tyldum é outro dos candidatos ao prémio da academia.
“O jogo da imitação” gira em torno de Turing, o pioneiro da computação moderna, condenado por ser homossexual. O matemático britânico desempenhou um papel importante na vitória dos aliados na Guerra Mundial ao ajudar a decifrar os códigos secretos usados pelos nazis.