Última hora

Última hora

Grécia-Alemanha: braço de ferro difícil de resolver

Em leitura:

Grécia-Alemanha: braço de ferro difícil de resolver

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha tem sido intransigente quanto à Grécia e ao pedido de extenção dos empréstimos e qualquer mudança na política de austeridade do país.
O ministro das Finanças germânico tem sido a principal figura desta campanha…e é mesmo classificado como o “carrasco” de Atenas.
Mas de forma irónica, Wolfgang Schaeuble explica o porquê desta recusa: “vou contar-vos uma história. Na última quarta-feira, quando falava com os nossos novos colegas gregos no Eurogrupo disse: Yanis vocês querem aumentar o salário mínimo. Mas é difícil para mim explicar que vamos pagar para que vocês aumentem o salário mínimo e os apoios sociais mais altos que os que temos, mas temos de pagar por vocês. E a reação foi desastrosa. Disse “talvez seja possível viver no seu país com esse valor, mas não na Grécia”.

O governo alemão considera que “as propostas de Atenas não conduzem a uma solução substancial”.
Além disso, qualquer acordo que seja assinado, vai ainda ter de ser aprovado pelo Bundestag. De qualquer forma, o Banco Central Europeu já decidiu prolongar as ajudas de emergência aos bancos gregos.