Última hora

Última hora

Meio milhar no funeral do suspeito dos ataques de Copenhaga

Quase meio milhar de pessoas marcou presença esta sexta-feira no funeral de Omar El-Hussein, o muçulmano de 22 anos alegadamente responsável pelos

Em leitura:

Meio milhar no funeral do suspeito dos ataques de Copenhaga

Tamanho do texto Aa Aa

Quase meio milhar de pessoas marcou presença esta sexta-feira no funeral de Omar El-Hussein, o muçulmano de 22 anos alegadamente responsável pelos ataques no passado fim de semana em Copenhaga, em que morreram duas pessoas e ficaram feridos cinco polícias.

Dinamarquês de origem palestina, Omar foi enterrado num cemitério islâmico de Brondby cinco dias depois de ter sido morto, na sequência de uma troca de tiros com a polícia dinamarquesa.

O homem era o principal suspeito de ter realizado dois ataques assassinos no sábado. O primeiro contra um centro cultural onde decorria um debate sobre liberdade de expressão com a presença de Lars Vilk, o caricaturista sueco que ganhou projeção por ter retratado o profeta Maomé como um cão, em 2007: uma pessoa morreu e três ficaram feridas. O segundo, em frente de uma sinagoga, onde foi morto um segurança judeu e feridos outros dois polícias.