Última hora

Última hora

Adolescentes britânicas foragidas poderão encontrar-se já na Siria

As três adolescentes britânicas, foragidas desde o início da semana depois de embarcarem para a Turquia, poderão ter cruzado a fronteira síria na

Em leitura:

Adolescentes britânicas foragidas poderão encontrar-se já na Siria

Tamanho do texto Aa Aa

As três adolescentes britânicas, foragidas desde o início da semana depois de embarcarem para a Turquia, poderão ter cruzado a fronteira síria na sexta-feira.

Segundo fontes turcas citadas pela imprensa britânica, Shamima Begum, Kadiza Sultana e Amira Abase, com idades entre 15 e 16 anos, teriam sido vistas na cidade síria de Tal Abyad controlada pelo grupo Estado Islâmico.

Uma colega das adolescentes afirma, “Quando as vi há umas semanas não notei nada de particular. Elas são muito religiosas mas nunca falámos do tema. Elas conseguiam sempre ter um argumento que ninguém conseguia contestar pois são muito espertas, mas não estava a espera de algo assim”.

A fuga das três adolescentes ocorre semanas depois do governo britânico ter reforçado os controlos nos aeroportos para evitar a fuga de candidatos à jihad para território sírio.

As autoridades tentam agora apurar como é que as jovens puderam contornar os controlos fronteiriços, em Londres e Istambul.

Para o ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, William Hague,
“Todos são responsáveis em casos como este, das famílias aos líderes religiosos, passando pelos serviços de segurança. Tenho a certeza que têm lições a tirar por cada pessoa que viaja para a Síria. Mas não quero tirar conclusões precipitadas sobre a responsabilidade desta situação”.

Segundo a imprensa britânica, as três jovens teriam passado dois dias em Istambul antes de cruzarem a fronteira, alegadamente com passaportes sírios.

Cerca de 50 mulheres britânicas e mais de 550 mulheres europeias teriam já empreendido a mesma viagem nos últimos meses.