Última hora

Última hora

Barcelona levanta o pé e dá-se mal, Bayern segue prego a fundo

O Barcelona foi o protagonista da grande surpresa da semana no mundo do futebol ao ser derrotado em pleno Camp Nou pelo Málaga. Após onze vitórias

Em leitura:

Barcelona levanta o pé e dá-se mal, Bayern segue prego a fundo

Tamanho do texto Aa Aa

O Barcelona foi o protagonista da grande surpresa da semana no mundo do futebol ao ser derrotado em pleno Camp Nou pelo Málaga. Após onze vitórias consecutivas os catalães foram surpreendidos e escassos três dias de defrontar o Manchester City na Liga dos Campeões.

Os pupilos de Luis Enrique pareceram entrar em campo já com a cabeça no encontro de Inglaterra e os andaluzes, com Ricardo Horta a titular e Duda a entrar no segundo tempo, souberam tirar máximo proveito.

Luis Suárez, Neymar e Messi jogaram os noventa minutos mas foram perfeitamente inofensivos. O único golo da partida foi apontado por Juanmi, logo aos sete minutos, aproveitando um erro descomunal de Dani Alves.

Com esta derrota os catalães voltam a estar a quatro pontos do Real Madrid, que venceu em Elche por 2-0.

Em Manchester ninguém se deixou distrair pela liga milionária. Logo aos dois minutos Sergio Agüero abriu caminho a uma goleada por 5-0 frente ao Newcastle, David Silva, com dois golos e uma assistência esteve endiabrado.

A equipa de Manuel Pellegrini aproveitou da melhor forma o empate do Chelsea frente ao Burnley e está agora a cinco pontos da liderança.

No resto da Europa, o Lyon manteve a liderança da Liga Francesa com uma vitória pela margem mínima frente ao Nantes.

Em Itália, a Juventus está cada vez mais só na frente. Recebeu e venceu o Atalanta por 2-1 (com mais um golo do outro mundo de Pirlo) e aproveitou mais um empate (sexto nos últimos sete jogos!) da Roma em Verona.

Na Alemanha, o Bayern continua de pontaria afinada. Goleou o Paderborn por 6-0 e tem 14 golos apontados nas duas últimas jornadas. O Borussia Dortmund parece finalmente ter encontrado o caminho das boas exibições e já deixou para trás os lugares perigosos da tabela. Somou a terceira vitória consecutiva no terreno do Estugarda.

No entanto o grande destaque do fim de semana vai para Marwin Hitz. O guarda-redes do Augsburg evitou a derrota da sua equipa em Leverkusen com um golo já nos descontos.

Os mais e os menos da semana

O destaque da semana vai para Hamza Hamzaoğlu, que substituiu Cesare Prandelli no banco do Galatasaray e tem feito maravilhas.

De adjunto de Fatih Therim na seleção a treinador do Galatasaray, desde que assumiu o cargo em novembro, o turco somou oito vitórias e dois empates, igualando Eric Gerets com o melhor início de sempre para um novo técnico no clube.

Na 21ª jornada, os pupilos de Hamzaoğlu receberam e venceram o Balıkesirspor por 3-1 num encontro com dois portugueses em ação. Bruma na equipa da casa, Vítor Gomes nos forasteiros, onde André Santos não saiu do banco.

Pela negativa destacam-se dois clubes que em tempos brilharam nos relvados por essa Europa fora.

A crise financeira do Parma não é de agora mas o clube italiano parece ter batido no fundo. Há já algum tempo que não havia dinheiro para salários ou água quente, este fim de semana o encontro frente à Udinese teve de ser adiado devido à falta de pagamento às forças de segurança.

Diferente é a situação do Dynamo Kiev. A equipa ucraniana deslocou-se a Guingamp para uma partida da Liga Europa e até entrou a vencer com um golo de Miguel Veloso.

A partir daí tudo correu mal. Aos 40 minutos, Yarmolenko foi expulso. Belhanda entrou para tentar equilibrar o onze mas nem esteve três minutos em campo, recebendo também ordem de expulsão.

Ao intervalo já a equipa estava reduzida a nove. No segundo tempo foi incapaz de evitar a reviravolta da equipa da casa, que venceu o encontro por 2-1.

Provavelmente estamos errados

Esta semana todas as atenções dos adeptos estarão voltadas para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Nós não somos exceção.

Adivinhar os resultados é uma missão quase impossível quando se defrontam as melhores equipas do planeta mas não é isso que nos vai impedir de tentar.

O Barcelona até pode ter efetuado uma exibição para esquecer frente ao Málaga mas não é normal uma equipa como a catalã perder dois jogos seguidos. Acreditamos que vão a Manchester surpreender o City por 2-1.

Numa reedição da final de 1997, apostamos que desta vez o encontro entre Juventus e Borussia Dortmund vai terminar empatado a uma bola.

Também pode partilhar os seus prognósticos nas redes sociais, usando a hashtag #TheCornerScores.