Última hora

Última hora

Negócio nuclear entre a Hungria e a Rússia examinado pela UE

Um negócio entre a Hungria e a Rússia para a construção de dois novos reatores numa central de energia nuclear poderá ser bloqueado por Bruxelas. O governo de Budapeste poderá ter violado as regras de

Em leitura:

Negócio nuclear entre a Hungria e a Rússia examinado pela UE

Tamanho do texto Aa Aa

Um negócio de 12 mil milhões de euros entre a Hungria e a Rússia, para a construção de dois novos reatores numa central de energia nuclear, poderá ser bloqueado pela Comissão Europeia (CE).

Point of view

A entrega do projeto de expansão da central nuclear de Paks sem concurso público é do conhecimento da CE e os serviços já estão a examinar esta questão

De acordo com uma notícia do jornal Financial Times, esta segunda-feira, o governo de Budapeste pode ter violado as regras de concorrência comunitárias.

Uma porta-voz do executivo europeu, Anna-Kaisa Itkonen, disse que “a entrega do projeto de expansão da central nuclear de Paks sem concurso público é do conhecimento da CE e os serviços já estão a examinar esta questão. Pedimos também esclarecimentos às autoridades húngaras.”

A Hungria tem grande dependência energética da Rússia, tema abordado na visita do presidente russo a Budapeste, na semana passada.

Mas este negócio não ajuda a desanuviar a tensa relação do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, com Bruxelas.