Última hora

Última hora

Kiev acusa separatistas de falsa retirada

Os separatistas no leste da Ucrânia anunciaram o início da retirada das armas pesadas da linha de frente, mas os militares ucranianos dizem que não

Em leitura:

Kiev acusa separatistas de falsa retirada

Tamanho do texto Aa Aa

Os separatistas no leste da Ucrânia anunciaram o início da retirada das armas pesadas da linha de frente, mas os militares ucranianos dizem que não acreditam na manobra.

Kiev receia que os rebeldes estejam apenas a reagrupar-se para recuperar o controlo de Mariupol.

Este comandante rebelde conta:
“A retirada de armamento começa a partir de quatro cidades Debaltseve, Horlivka, Donetsk e Telmanove. Estamos a deixar a linha de frente. Mas não vamos deixar todas as cidades. Por exemplo: no momento retiramos do aeroporto”.

Vários autocarros de soldados ucranianos levam os militares de regresso a casa após seis meses de combates no nó ferroviáriode Debaltseve nas mãos dos separatistas pró-russos na semana passada.

Sobre a trégua o porta-voz do exército, Andriy Lysenk, explica:

“A principal e a única condição para o início da retirada de “armas pesadas é o cumprimento do artigo primeiro dos acordos Minsk: o cessar-fogo. O cessar- fogo ainda não foi estabelecido e eles dizem que começaram a retirada das armas, os rebeldes estão a reagrupar-se e mudam apenas as armas de direção “.