Última hora

Última hora

Nova tecnologia para mapear cérebro dos bebés

Em leitura:

Nova tecnologia para mapear cérebro dos bebés

Tamanho do texto Aa Aa

Investigadores do Kings College, em Londres, conceberam uma tecnologia de ressonância magnética para mapear o cérebro dos bebés. Nos exames

Investigadores do Kings College, em Londres, conceberam uma tecnologia de ressonância magnética para mapear o cérebro dos bebés.

Nos exames tradicionais, a máquina tira uma série de fotografias que são depois reconstruídas a três dimensões.

O paciente é obrigado a ficar imóvel para que o exame seja de boa qualidade. No caso de um bebé, é necessário ter em conta o movimento natural e contínuo do feto.

A tecnologia desenvolvida pelo Kings College permite precisamente realizar o exame de um corpo em movimento. Passa a ser possível observar as ligações nervosas do cérebro de um bebé.

Os investigadores britânicos querem usar as informações recolhidas para traçar um mapa do cérebro do feto. O projecto chama-se Connectome.

“O Connectome vai fornecer-nos um mapa para podermos entender o que acontece no cérebro e fornecer um contexto para todas as informações que possuímos. Atualmente, sabemos muito sobre o funcionamento do cérebro, sobre as moléculas do cérebro, sobre a forma como as mensagens são enviadas de uma fibra nervosa para outra, mas é muito difícil colocar as coisas no contexto, porque não temos um mapa que nos permite contextualizar a informação. Além disso, não temos um mapa que possa alterar-se ao longo do tempo. Queremos ter um mapa a quatro dimensões, três dimensões espaciais e a dimensão do tempo onde vamos poder colocar novas informações ou informações antigas sobre o cérebro para entender como as coisas funcionam num contexto real “, explicou o médico e professor de pediatria David Edwards.