Última hora

Última hora

México: um morto em confronto entre professores e polícias

Um morto e mais de uma centena de detidos é o balanço final de um protesto de professores na cidade portuária de Acapulco, no México, que degenerou

Em leitura:

México: um morto em confronto entre professores e polícias

Tamanho do texto Aa Aa

Um morto e mais de uma centena de detidos é o balanço final de um protesto de professores na cidade portuária de Acapulco, no México, que degenerou em confrontos com a polícia.

A intervenção das forças de segurança teve lugar quando um grupo de manifestantes tentou usar um autocarro para passar a barreira policial junto ao aeroporto da cidade, bloqueado pelo protesto.

Um representante do Ministério do Interior defende que “foi uma resposta legítima, para proteger a integridade dos que participavam no protesto. Se o autocarro não tivesse sido controlado, teriam havido mais feridos”.

A vítima mortal é um professor reformado de 65 anos que, segundo os organizadores da manifestação, foi golpeado pela polícia.

Há registo de pelo menos 12 feridos, entre os quais 7 polícias.

Os perto de cinco mil manifestantes exigiam melhores salários e justiça para os 43 estudantes desaparecidos em setembro no Estado de Guerrero.