Última hora

Última hora

O regresso dos Blur aos discos 12 anos depois de "Think Thank"

Em leitura:

O regresso dos Blur aos discos 12 anos depois de "Think Thank"

Tamanho do texto Aa Aa

Os Blur estão de volta e já lançaram o primeiro single. “Go Out” é o tema de apresentação do álbum “The Magic Whip”, que chega às lojas a 27 de

Os Blur estão de volta e já lançaram o primeiro single. “Go Out” é o tema de apresentação do álbum “The Magic Whip”, que chega às lojas a 27 de abril. Doze canções compõem o novo trabalho da banda britânica.

Há cerca de 14 anos que o grupo não entrava em estúdio para produzir um novo disco. A edição do último, “Think Tank”, data de 2001. Mas há 16 que não trabalhavam os quatro elementos juntos. Desde então muito mudou:

“É difícil para as bandas fazerem sempre música cheia de energia e, geralmente, chega-se a um ponto, a uma espécie de pântano entre os estúdios e as suas vidas, e acaba por se perder a espontaneidade. Quanto tempo passou? 16 anos? 16 anos desde que estivemos em estúdio os quatro… bem pareceu-nos que a pausa já tinha sido longa o suficiente, era altura de fazer algo novo”, explica o líder da banda Damon Albarn.

Os Blur têm já um concerto marcado, no British Summer Time, que decorre a 20 de junho, no Hyde Park, em Londres e compromete-se a não deixar de lado alguns dos seus antigos clássicos:

“As pessoas que nos ouviram ao vivo, no passado, sabem aquilo que somos mas, desta vez, teremos uma série de coisas novas para as surpreender. Vai ser muito mais do que música”, diz o vocalista.

A banda começou a trabalhar “The Magic Whip” em Hong Kong, na China, em 2013, na sequência do cancelamento de dois concertos no Japão. É por isso que as referências à antiga colónia britânica, neste álbum, são claras.