Última hora

Última hora

"Força Maior": cuidado com as minas

Em leitura:

"Força Maior": cuidado com as minas

Tamanho do texto Aa Aa

Força Maior conta a história de uma família comum, vinda da Suécia para passar alguns dias nos Alpes franceses, na estância de esqui de Les Arcs

Força Maior conta a história de uma família comum, vinda da Suécia para passar alguns dias nos Alpes franceses, na estância de esqui de Les Arcs.

Tudo corre bem, até que acontece algo que não estava previsto – uma avalanche descontrolada que põe em risco a segurança da família e desencadeia reações inesperadas. Face ao perigo, o pai reage fugindo, para pôr a salvo o iPhone deixando a família para trás.

As reações a um incidente que acaba por não provocar estragos imediatos, vão desencadear no subconsciente das personagens um processo de degradação do relacionamento. Aquilo que tinha começado por ser planeado como umas ferias confortáveis em família descamba em conflito aberto no casal, ficam expostas com uma intensidade perturbadora as fragilidades da relação.

A família é dilacerada por um contencioso feito de negações, falhas e contradições.

Estamos num quadro recreativo de montanha, mas o realizador Ruben Östlund dá provas de grande mestria conseguindo transmitir a frieza de um espaço humano que se fecha, tornando-se opressivo.

No título original comparado a uma sessão de terapia na neve, esta exposição crua da natureza humana põe a nú mecanismos subtis, manchando o branco imaculado da pista de esqui …e as nossas certezas.

Um filme a ver, para quem queira refletir sobre as relações humanas confrontadas ao desafio de surpresas que fogem a qualquer planeamento. Ou de como somos desconhecidos para nós próprios.