Última hora

Última hora

Japão corta no orçamento para os Jogos Olímpicos 2020

Reunidos no Rio de Janeiro, os responsáveis pela organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020, avançam para alterações nos planos de despesa que

Em leitura:

Japão corta no orçamento para os Jogos Olímpicos 2020

Tamanho do texto Aa Aa

Reunidos no Rio de Janeiro, os responsáveis pela organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020, avançam para alterações nos planos de despesa que consideram vir a economizar cerca de mil milhões de dólares.

O diretor do Comité Olímpico Internacional (COI), Christophe Dubi, anunciou na sexta-feira que Tóquio decidiu abandonar os planos de construção de um novo espaço para as partidas de basquetebol, que deverão ser disputadas no estádio que foi utilizado para os campeonatos do mundo.

“Neste momento, estamos perto de mil milhões de dólares, depois desta revisão orçamental.Trata-se de um valor importante e que vai continuar a crescer. Ainda estamos numa fase que permite fazer estas alterações.”, disse Christophe Dubi.

Segundo Dubi, outros cortes estão previstos.

Tóquio, apresentará um novo plano orçamental em abril, com vista a garantir a aprovação final da comissão executiva do Comité Olímpico Internacional em junho.

O primeiro-ministro Shinzo Abe tem apostado em reavivar a economia japonesa depois de duas décadas de estagnação, mas a terceira maior economia do mundo registou um crescimento abaixo do previsto no quarto trimestre de 2014, o que voltou a colocar o país perante as dificuldades com que se debateu ao longo do ano.