Rússia: Oposição manifesta-se em memória de Boris Nemtsov

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Rússia: Oposição manifesta-se em memória de Boris Nemtsov

Uma manifestação da oposição transformada numa marcha fúnebre em Moscovo. Mais de 50 mil pessoas deverão desfilar este domingo na capital russa, em homenagem ao opositor a Vladimir Putin, Boris Nemtsov, assassinado na noite de sexta-feira.

Uma marcha autorizada pelas autoridades locais quando prossegue a investigação para apurar a responsabilidade do crime. Fontes citadas pelas agências de notícias russas indicam a possibilidade da ação ter sido levada a cabo por militantes ultranacionalistas, quando todas as hipóteses de mantém em aberto para a comissão de inquérito, da “tentativa de desestabilização política” ao “atentado islamita”.

O antigo vice-primeiro-ministro do governo de Boris Yeltsin tinha sido assassinado poucas horas depois de conceder uma entrevista à radio Echo de Moscovo, onde denunciava a interferência russa na Ucrânia. Nemtsov é o quarto opositor ao Kremlin a ser morto nos últimos anos, quando os casos anteriores acabaram por nunca ser totalmente elucidados, apesar da detenção de alguns executores.