Última hora

Em leitura:

Nuclear: Irão considera "inaceitável" o pedido de Obama, mas vai continuar a negociar


Suíça

Nuclear: Irão considera "inaceitável" o pedido de Obama, mas vai continuar a negociar

ALL VIEWS

Clique para descobrir

O Irão considera “inaceitável” o pedido de Barack Obama, que defendeu a suspensão do programa nuclear iraniano por pelo menos 10 anos para que seja alcançado um acordo. Mas, Teerão afirma que vai continuar a sentar-se à mesa das negociações com os Estados Unidos.

Em Montreux, na Suíça, onde pelo segundo dia esteve em conversações com o secretário de Estado norte-americano, o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão considerou que com “seriedade”, todas as partes estão conscientes da necessidade de alcançar um acordo e que isso depende “da necessária vontade política para entender que a única forma de avançar é através de negociações”, esclareceu Javad Zarif.

Washington e Teerão deram-se até ao final deste mês de Março para estabelecer o quadro para um acordo sobre o nuclear iraniano e até Junho para assinar o acordo final, que terá de incluir o levantamento de sanções. O ritmo a que as sanções poderão ser levantadas é um dos pontos mais complicados das negociações em curso.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Iraque aperta o cerco ao 'Estado Islâmico' em Tikrit