Última hora

Última hora

China baixa meta anual de crescimento

Em leitura:

China baixa meta anual de crescimento

Tamanho do texto Aa Aa

A China reduz a meta de crescimento anual para 7%. O anúncio foi feito na abertura da Assembleia Nacional Popular da China, pelo primeiro-ministro. Li Keqiang prefere evocar uma “melhoria da qualidade do crescimento”.

No ano passado, a segundo economia mundial cresceu 7,4%, falhando por uma décima a meta anual. É a primeira vez no último quarto de século.

A economia chinesa tem vindo a desacelerar nos últimos anos, arrastada pelo recuo do setor imobiliário, da produção industrial e do investimento público. Já a procura interna está a subir. O consumo, segundo Pequim, representa já 51% da progressão do PIB.

Para 2015, as autoridades visam uma inflação de cerca de 3% e pretendem criar 10 milhões de empregos. O relatório do governo evoca ainda um aumento de 6% do comércio externos e uma redução de 3,1% do consumo energético do país.