This content is not available in your region

Seul: EUA e Coreia do Sul condenam ataque contra embaixador norte-americano

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com Reuters, EFE, AFP
Seul: EUA e Coreia do Sul condenam ataque contra embaixador norte-americano

<p>Washington e Seul já condenaram o ataque contra o embaixador dos Estados Unidos na Coreia do Sul.</p> <p>Mark Lippert de 42 anos foi ferido, esta quinta-feira, com uma arma branca mas não corre perigo de vida.</p> <p>O atacante já foi detido. Trata-se de um militante nacionalista que contesta a aliança entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul. </p> <p>O homem de 55 anos tinha sido condenado em 2010 por ter atacado o embaixador do Japão em Seul.</p> <p>“O governo norte-americano condena de forma veemente este ato absurdo de violência” refere Robert Ogburn porta-voz da Embaixada norte-americana.</p> <p>O sul-coreano responsável pelo ataque não mostrou qualquer arrependimento. </p> <p>Um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Sul lamenta o sucedido.</p> <p>“Lamentamos profundamente o que aconteceu. Não aceitamos este tipo de atos contra delegações diplomáticas. Consideramos que isto é grave já que se trata de um ataque contra o embaixador do nosso mais importante aliado” afirma Noh Kwang-il</p> <p>Lippert foi atacado com uma faca durante um pequeno-almoço de trabalho, no centro de Seul. O embaixador norte-americano na Coreia do Sul foi, entretanto, submetido a uma cirurgia e permanecer em observação</p>