This content is not available in your region

Índia: Dois linchamentos após transmissão de documentário sobre a violação de uma jovem

Access to the comments Comentários
De  Fernando Peneda  com Lusa
Índia: Dois linchamentos após transmissão de documentário sobre a violação de uma jovem

<p>Em Varanasi, no norte da índia, um homem foi linchado esta sexta-feira, depois de um grupo de raparigas o ter acusado de as molestar, durante as celebrações do festival hindu de Holi.</p> <p>O linchamento ocorreu na altura em que as autoridades de Dimapur, no estado de Nagaland, decretaram o recolher obrigatório, um dia depois de um suspeito de violação ter sido linchado.</p> <p>Na quinta-feira, um homem acusado de ter violado uma mulher repetidas vezes foi retirado de uma prisão em Dimapur, espancado até à morte e pendurado.</p> <p>A situação na localidade é de grande tensão.</p> <p>As violações de mulheres na Índia dominam a atenção desde o assassínio em 2012 de uma estudante de 23 anos em Nova Deli, vítima de violação coletiva.</p> <p>No documentário britânico “A Filha da Índia”, transmitido na quarta-feira, um dos condenados à morte pelo crime responsabiliza a estudante pela violação afirmando que “uma mulher decente não anda na rua às 09:00 da noite”.</p> <p>O ministério de Informação e Transmissões indiano emitiu uma ordem aos canais de televisão do país para que não passem o filme.</p>