Última hora

Última hora

Ucrânia: Mineiro de Zassiadko foi a enterrar

Um dos mineiros mortos no desastre da mina Zassiadko foi a enterrar esta sexta-feira. A falta de segurança voltou a ser fatal na mina localizada

Em leitura:

Ucrânia: Mineiro de Zassiadko foi a enterrar

Tamanho do texto Aa Aa

Um dos mineiros mortos no desastre da mina Zassiadko foi a enterrar esta sexta-feira.

A falta de segurança voltou a ser fatal na mina localizada perto da cidade separatista de Donetsk, no leste da Ucrânia. Trinta e quatro mineiros morreram e mais de uma dezena deu entrada no hospital.

Como em inúmeras ocasiões, desde a inauguração em 1958, o metano acumulado nos túneis terá estado na origem da explosão ocorrida quarta-feira.

“O meu irmão já tinha sentido que qualquer coisa estava mal. Duas semanas antes de morrer sentiu que algo ia acontecer. Os outros mineiros já diziam entre eles que se o gás não fosse eliminado, iriam morrer todos ali”, disse o irmão de um dos mineiros mortos.

Dez mil pessoas arriscam a vida todos os dias na mina Zassiadko. O metano acumulado nas profundezas, em média, a cada dois anos, provoca uma tragédia.

A mina tem um longo historial de acidentes, o mais grave de que há registo aconteceu em 2007: 101 mineiros mortos, apenas alguns dos que jazem no cemitério implantado ao lado do poço onde trabalhavam.