Última hora

Última hora

Apple: A nova corrida ao ouro

Em leitura:

Apple: A nova corrida ao ouro

Tamanho do texto Aa Aa

A Apple poderá tornar-se o maior consumidor mundial de ouro, segundo analistas do mercado de matérias-primas.

O gigante tecnológico deverá precisar de 746 toneladas de ouro por ano, ou seja, um terço da produção mundial, para produzir o seu relógio de luxo. Isso poderá provocar uma subida do preço do metal precioso.

O relógio de luxo da Apple custará tanto como um carro.

O “Apple Watch Edition” será em ouro de 18 quilates, com um preço de 10 mil a 17 mil dólares, contra 350 dólares para a versão de base.

A Apple espera vender, por mês, um milhão de unidades da versão de luxo. Para aliar tecnologia e moda, contratou membros de marcas de roupa de luxo.

Textos originais: Market Watch e FxStreet