This content is not available in your region

Clinton defende-se acerca de emails

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com AFP
Clinton defende-se acerca de emails

<p>Hillary Clinton respondeu finalmente à polémica acerca da utilização da conta pessoal de correio eletrónico para gerir os emails oficiais, quando era secretária de Estado.</p> <p>A mais que provável candidata à Casa Branca em 2016 reconheceu que não terá sido a melhor escolha, mas sublinhou que não fez nada de ilegal.</p> <p>Clinton disse que optou “pela conveniência de usar a conta de email pessoal, o que era permitido pelo Departamento de Estado”, porque pensou que “seria mais fácil transportar um único aparelho, em vez de dois, para os emails de trabalho e pessoais. Ao olhar para trás”, reconheceu, “teria sido melhor usar simplesmente uma segunda conta de email e transportar um segundo telefone. Mas na altura, não parecia um problema”.</p> <p>A oposição republicana critica o facto da ex-secretária de Estado ter esperado até 2014 – dois anos após o fim do mandato – para transmitir os emails oficiais ao departamento de Estado e de só o ter feito após um pedido formal. Clinton diz que não tem nada a esconder e defendeu a publicação de todas as mensagens.</p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="en"><p>I want the public to see my email. I asked State to release them. They said they will review them for release as soon as possible.</p>— Hillary Clinton (@HillaryClinton) <a href="https://twitter.com/HillaryClinton/status/573340998287413248">March 5, 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>