This content is not available in your region

Presidente ucraniano confirma retirada de armas rebeldes

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
Presidente ucraniano confirma retirada de armas rebeldes

<p>O processo de paz no leste da Ucrânia está a avançar. É o próprio presidente ucraniano Petro Poroshenko que confirma que os rebeldes armados pró-russos retiraram já uma grande parte da artilharia pesada.</p> <p>Poroshenko diz que o exército ucraniano está também a cumprir a parte do acordo que lhe toca, com a retirada da grande maioria da artilharia pesada da frente de batalha.</p> <p>No entanto, ambos os lados continuam a denunciar violações aos acordos de Minsk.</p> <p>Os comandantes rebeldes acusam as tropas ucranianas de continuarem os bombardeamentos. Um deles diz até, com alguma ironia, que isso é porque ainda têm munições para gastar.</p> <p>As acusações vêm também do lado do governo da Ucrânia. Poroshenko confirmou que 64 soldados ucranianos foram mortos desde que o cessar-fogo entrou em vigor, no dia 15 de fevereiro.</p> <p>Poroshenko acusa também os rebeldes de aproveitarem a trégua para reagrupar as tropas e preparar novos ataques.</p> <p><blockquote class="twitter-tweet" lang="en"><p>Russian forces attacked <a href="https://twitter.com/hashtag/Shirokino?src=hash">#Shirokino</a> from 120 mm mortars, while Ukraine withdrew their heavy arms from the area in accordance with agreement.</p>— Ukraine Reporter (@StateOfUkraine) <a href="https://twitter.com/StateOfUkraine/status/574920575526789120">March 9, 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p>