Última hora

Última hora

Tidjane Thiam vai liderar Crédit Suisse

Em leitura:

Tidjane Thiam vai liderar Crédit Suisse

Tamanho do texto Aa Aa

O Crédit Suisse muda de presidente executivo.

Brady Dougan, um dos poucos banqueiros que resistiu à crise financeira, abandona o cargo em junho. Estava no posto há oito anos.

Será substituído pelo franco marfinense, Tidjane Thiam, que desde 2009 geria a companhia britânica de seguros Prudential. Durante este período, o valor bolsista subiu 200%.

O Crédit Suisse evoca a experiência de Thiam na gestão de ativos e no desenvolvimento de novos mercados.

O banco enfrenta vários desafios de mercado e problemas judiciais. No ano passado pagou 2,5 mil milhões de dólares por ajudar os contribuintes norte-americanos a fugir ao fisco. Enfrenta outras possíveis multas nos Estados Unidos.

O anúncio da nomeação de Tidjane Thiam fez disparar as ações Crédit Suisse.