Última hora

Última hora

Turquia: Homenagens a Berkin Elvan terminam em confrontos com a polícia

Em várias cidades turcas, incluindo a capital, a polícia dispersou manifestantes que protestavam contra a morte de um adolescente ferido pelas forças

Em leitura:

Turquia: Homenagens a Berkin Elvan terminam em confrontos com a polícia

Tamanho do texto Aa Aa

Em várias cidades turcas, incluindo a capital, a polícia dispersou manifestantes que protestavam contra a morte de um adolescente ferido pelas forças da ordem durante o levantamento antigovernamental de 2013.

Os manifestantes pretendiam homenagear Berkin Elvan, um jovem de 15 anos, que, atingido na cabeça por uma granada de gás lacrimogéneo, ficou gravemente ferido e veio a morrer em março de 2014 após 269 dias em estado de coma.

Em Ancara a polícia recorreu a canhões de água e interpelou 11 pessoas.

A morte de Berkin Elvan fez espontaneamente descer às ruas centenas de milhares de pessoas que denunciaram o governo do então primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, hoje Chefe de Estado.

O parlamento turco examina há várias semanas um projeto de lei polémico que pretende reforçar o poder da polícia, nomeadamente durante manifestações.