Última hora

Última hora

Alemanha: Tribunal condena pai e tios homofóbicos

Um tribunal alemão condenou o pai e dois tios, de um homossexual de 18 anos por o terem privado de liberdade quando era menor e tentado casá-lo

Em leitura:

Alemanha: Tribunal condena pai e tios homofóbicos

Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal alemão condenou o pai e dois tios, de um homossexual de 18 anos por o terem privado de liberdade quando era menor e tentado casá-lo porque rejeitavam a sua homossexualidade.

Nasser El-Ahmad, de ascendência libanesa, acrescentou ainda que a sua família tinha ameaçado queimá-lo por ser gay.

A sentença foi uma multa de 1350 euros a cada um dos acusados.

“Para mim este capítulo está encerrado e uma nova vida começa.
Não quero reprimir a minha sexualidade e com os mais pais tive que o fazer porque era contra a honra deles, manchava a sua honra. Eu não sou pessoa de esconder”, disse Nasser El-Ahmad.

O jovem então com 15 anos, que foi encontrado num carro na fronteira entre a Roménia e a Bulgária, disse que em dezembro de 2012 foi raptado pela própria família que tinha arranjado um casamento com uma rapariga libanesa.