Última hora

Em leitura:

EUA: chefe da polícia de Ferguson demite-se


EUA

EUA: chefe da polícia de Ferguson demite-se

O chefe da polícia de Ferguson, no Estado norte-americano do Missouri, demitiu-se. É o sexto elemento da justiça e das forças de segurança a abandonar o cargo desde a morte de Michael Brown, um jovem negro alvejado por um polícia no verão passado.

A demissão acontece uma semana depois da publicação de um relatório que revela as práticas racistas recorrentes da polícia de Ferguson. Thomas Jackson apresentou as desculpas aos pais da vítima num vídeo onde tenta justificar a atuação dos investigadores, que deixaram o corpo de Brown na rua durante um longo período de tempo, após a morte do jovem.

O caso deu lugar a várias semanas de manifestações em Ferguson, que acabaram por degenerar em motins. O polícia responsável pela morte de Brown não enfrentou qualquer processo judicial.

A multiplicação de mortes em circunstâncias semelhantes noutros pontos dos Estados Unidos, bastante mediatizadas nos últimos meses, trouxe para a ordem do dia a problemática das tensões raciais no país.