Última hora

Última hora

Síria: ONG's denunciam incumprimento de resoluções do Conselho de Segurança da ONU

Nas vésperas do quarto aniversário do conflito sírio, cerca de vinte organizações não-governamentais denunciaram que as partes envolvidas e as

Em leitura:

Síria: ONG's denunciam incumprimento de resoluções do Conselho de Segurança da ONU

Tamanho do texto Aa Aa

Nas vésperas do quarto aniversário do conflito sírio, cerca de vinte organizações não-governamentais denunciaram que as partes envolvidas e as potências fracassaram na hora de aplicar as resoluções do Conselho de Segurança da ONU sobre a Síria, o que fez com que 2014 tenha sido “o pior ano” para os civis.

“Se olhar para os indicadores que analisámos verificará que há mais mortes, mais bombardeamentos, um aumento desmesurado de deslocados e um aumento brutal do número de pessoas que necessitam de ajuda humanitária no interior da Síria”, disse Daniel Gorevan, da OXFAM.

No documento, sublinha-se que as resoluções foram ignoradas pelas partes envolvidas no conflito, por países membros do Conselho de Segurança ou por outros elementos da ONU.

‘‘Concluímos que as resoluções do Conselho de Segurança falharam redondamente no seu propósito. Ou seja, proporcionar maior proteção e assistência às pessoas que estão na Síria”, sublinhou o mesmo responsável da OXFAM.

Cerca de 4,8 milhões de pessoas residem em áreas qualificadas pelas Nações Unidas como “difíceis de alcançar”, ou seja, mais 2,3 milhões do que em 2013, e 5,6 milhões de menores precisam de assistência, um aumento de 31% no intervalo de um ano.